Dark Disciple

País de Origem: EUA

Autor: Christie Golden

Data de Publicação: 7 de julho de 2015

Gênero: Ficção científica

As Guerras Clônicas estão em seu auge sangrento. Milhões de inocentes morrem todos os dias através da galáxia, enquanto os exércitos clones da República enfrentam as forças droides dos Separatistas. Os Jedi, outrora guardiões da paz e agora generais e comandantes das forças militares da República, fazem o possível para retirarem o Conde Dookan, líder da Confederação de Sistemas Independentes, do comando e trazer um fim à sangrenta guerra. Porém, diversos planos fracassaram, e a esperança se nubla.

Em um ato desesperado, que vai contra muitos dos preceitos da própria Ordem Jedi, os Mestres decidem enviar um agente para assassinar Conde Dookan, acreditando que a morte desestabilizaria os Separatistas e acabaria com a guerra. Mesmo o Mestre Kenobi, de coração pesado, acaba concordando com a missão desesperada.

Quinlan Vos, um Mestre Jedi especialista em missões secretas pela República, é escolhido para cumprir o pedido sombrio do Conselho Jedi, e surpreende-se com a conclusão a que chegam: apenas com a ajuda da renegada Asajj Ventress, ex-aprendiz de Dookan que já tentara matá-lo duas vezes, Vos teria alguma chance de acabar com o Sith. Vos deve então, através de subterfúgios, conquistar a aliança de Ventress sem se revelar como um Jedi e, com ela, eliminar Dookan de uma vez por todas.

Armado com a confiança na Força, Vos parte para a missão mais importante de sua vida, a qual vai abalar tudo o que ele achava conhecer sobre os Jedi, os Sith e a Força. A jornada não é clara, e o caminho será muito mais difícil do que qualquer um poderia imaginar.


Parte do novo cânon de Star Wars, escrito pela renomeada autora Christie Golden, Dark Disciple (ainda não traduzido no Brasil) é o primeiro livro sob cuidados da Disney que explora o período das Guerras Clônicas, com os outros focando-se em história da Era do Império ou pós-Batalha de Endor, com a ascensão da Nova República.

Vemos uma Ordem Jedi exaurida de tanta guerra e sem esperanças fortes de proteger a galáxia, ainda mais diante dos massacres e catástrofes orquestradas por Dookan e seu general Grievous. As mortes de tantos inocentes pesam nas consciências de todos os Jedi, e os Mestres, em um momento de fraqueza, pendem para o lado negro e, com muitas justificativas, decidem que assassinar friamente Dookan é a resposta. Ver que os guardiões da paz estão tão abalados com a guerra sem fim apresenta um lado mais humano e emocional dos Jedi, explorando os pontos fracos que, como seres vivos, todos têm.

A conclusão da história traz, como esperado por muitos, a redenção de Ventress, que se tornou um nome muito conhecido entre os fãs desde a primeira animação Clone Wars, sendo uma das maiores oponentes que Anakin e Obi-Wan enfrentaram durante a guerra, e provando-se, mesmo no final, ser uma das maiores heroínas que podemos imaginar, dando tudo para proteger o outro.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *