RPG

RPG

RPG (role-playing game em inglês) é considerado uma evolução dos jogos de guerra, e é um dos pilares máximos onde a cultura nerd se sustenta desde o século passado, ao ponto que prospera até hoje em todo o mundo.

Há muitas formas de descrever o que é um RPG: um livro onde os leitores podem agir e mudar a história; uma peça de teatro onde os atores escrevem a história na hora; um filme onde os personagens podem modificar a trama com as suas ações.

Geralmente jogado em grupo, mas existindo a possibilidade de um jogo individual, o RPG é marcado pela presença de um ou dois Mestres, que são os narradores de toda a aventura e controlam quase todos os personagens, e de dois a seis jogadores, que são os heróis da história, cada um controlando um personagem próprio dentro da história que influenciará no desenrolar da história.

O Mestre cria esboços de aventuras e dos perigos que os personagens passarão, mas são as decisões dos jogadores, através de seus personagens na história, que mudarão a história, definindo os rumos e travando os combates contra os inimigos que aparecem durante o percurso, sempre em alguma missão contratada ou em alguma busca própria por um item ou conhecimento oculto.

Talvez o fato mais comumente conhecido sobre o RPG é que é utilizado um conjunto de dados diferentes: desde um D4 (dado de quatro lados) até um D20 (dado de vinte lados), mostrados na imagem abaixo.

Dados de RPG

É a rolagem desses dados que determinam o sucesso ou a falha, o acerto ou o erro, a vitória ou a derrota nas mais diversas situações que o Mestre apresentar ou que os jogadores desejarem fazer, como escalar uma parede e golpear um inimigo.

Existem diversos sistemas de RPG, como o famoso Dungeons & Dragons (D&D), Tormenta e o novo 13ª Era, que passou por um crowdfunding para a tradução para o português recentemente. Cada um dos sistemas possui características e regras próprias, para se moldarem para estilos diversos de jogos, desde fantasia medieval, ficção científica e faroeste americano.

Os nerds apreciam o RPG pela possibilidade de encarnarem heróis e vilões poderosos e enfrentarem criaturas saídas de livros de ficção e fantasia que assombram os sonhos das crianças. Esses novos mundos, criados na hora das aventuras pelos Mestres, podem ser explorados e desbravados nas sessões, que, com o advento da tecnologia, não exigem mais encontros presenciais, já que programas como Skype e Roll20 deixam grupos distantes usarem a Internet para jogarem.

Através do link http://newordereditora.com.br/loja/ é possível adquirir o livro básico traduzido do 13ª Era, e contribuir para esse projeto nacional que apresenta uma nova modalidade de RPG para os brasileiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *